ONLINE
1





 

          QUEM SOU  Fixe

 

 

"4 RODAS TRANSPORTAM O CORPO E

    2 RODAS CONDUZEM A ALMA."

          

 


  

  

  

 


QUEVEDOS - RS
QUEVEDOS - RS

 

09/12/12 - Domingo de sol, maravilhoso, quente, com o céu bordado de nuvens.....Convite para pegar a moto e... Estrada.

Resolvido- conhecer  Quevedos RS.

                  

                                                   foto retirada de www.camaraquevedos.rs.gov.br

Pequena história -  Quevedos foi parte integrante da grande Estância de São Domingos, pertencente ao povo de São Miguel das Missões.  Após, emancipou-se do município mãe, Júlio de Castilhos, pela Lei Estadual nº9589 de 20 de março de 1992. Criado, o município foi instalado no dia 1º de janeiro 1993. Sua população é formada por descendentes de Portugueses e de imigrantes alemães e Italianos.  Tem hoje  mais de 2000 habitantes e seu bioma formado por Mata Atlântica e Pampa. Localizado entre os rios Toropi e Toropi Mirim. (Informações retiradas de http://www.quevedos.rs.gov.br/)

Saímos de Santa Maria em torno de 10h pela RS287 em direção a São Pedro do Sul (34 km). À partir da rótula de acesso a cidade, seguimos pela av.Gov.Walter Jobim, rua 15 de Novembro, passamos pela Praça, rua Fernando Ferrrari, rua Maurício Cardoso (uma única rua que vai mudando de nome através do seu trajeto) e daí a Quevedos (36 km).

Estrada com bastante pedras (característica da região), em estado razoável, serpenteando através de vales e morros, o que lhe confere uma paisagem maravilhosa (lamentei não poder tirar fotos. Fico devendo estas). Muitas vezes parece estarmos no “topo do mundo”, olhando a paisagem de cima. No trajeto da estrada existem algumas bifurcações, onde é aconselhável solicitar informações para não errar o caminho.

O interessante, também, neste trajeto é a quantidade de casas com arquitetura bem antiga. E também túmulos, provavelmente da época dos primeiros moradores da região, geralmente aos pares, e localizados nas proximidades da estrada. Lamentável que não estejam sendo bem conservados.

Chegando ao município de Quevedos, passamos por uma ponte de mão única, que foi reconstruída há pouco tempo, mais um trecho de estrada e finalmente chegamos.

                                    

                            

                                                 

                                                                         foto retirada de www.camaraquevedos.rs.gov.br

 

Quevedos, como a maioria das cidades pequenas, é muito simpática. É limpa, florida.

Como era domingo e dia de rodeio no CTG, a cidade estava praticamente sem movimento. Não encontramos lugar para almoçar. E já eram 13:30h.  Resolvemos tentar o almoço em Toropi que, segundo morador, fica a uns 30 km de distância. Pertinho!! Mas, há uns 10 km da cidade, quebrou um amortecedor da minha moto. Lá fomos nós, a incrível velocidade de 20 – 30 km/h, estrada acima, estrada abaixo. Com paisagens belíssimas também (embora eu não pudesse olhar muito para os lados, hehehe).

A estrada de início bem boa, para depois apresentar-se com muitas pedras soltas e em curvas, por vezes bem fechadas. Apesar de toda instabilidade gerada pela falta de um amortecedor, cheguemos a Toropi inteiros, sem cair. Hehehe. Bastante cansados. Os 30 km parece que se transformaram em 90 km.

Mas.....em Toropi, também nada para comer. Solução: ir até S. Pedro do Sul (uns 20 km de distância). Pelo menos à partir daí, estrada asfaltada.  Almoço em Balneário do Julião às 14:30h. Pastéis e água. E muito, muito calor.

O retorno a santa Maria foi tranquilo, apesar de mais demorado.

 

 

topo